Cáscara-Sagrada (Rhamnus purshiana)

Nomenclatura botânica oficial: Rhamnus purshiana DC.
Nomenclatura popular: Cáscara-Sagrada, Cascara
Família: Rhamnaceae
Parte da planta utilizada: cascas do tronco

Resumo: Para que serve a cáscara-sagrada, usos como planta medicinal, indicações, benefícios e contraindicações da cáscara-sagrada.

Descrição

A Cáscara-Sagrada é uma árvore arbustiva, nativa da região oeste da América do Norte, pode atingir de 5 a 10m de altura. O seu tronco de tom acinzentado, possui folhas verdes de formato oval, produz pequenos frutos vermelhos de menos de 1 cm e também flores diminutas amarelo-esverdeadas.

Cascara Sagrada, folhas e tronco

Indicações, Usos e Benefícios da Cáscara-Sagrada

Na medicina popular, a parte utilizada da cáscara-sagrada são as cascas de seu tronco. Relatos indicam que a cáscara-sagrada vem sendo utilizada como remédio natural por índios nativos americanos há mais de 1.000 anos. O principal uso da Cáscara-Sagrada é como purgante.

Após coleta do seu tronco, a sua casca deve ser "envelhecida" por pelo menos 1 ano antes de ser utilizada na preparação de compostos e chás. Isso porque a casca recém extraída do tronco pode causar vômitos, diarréia fortes e outros descomfortos no estômago. Considera-se que o ideal é envelhecer sua casca por 3 anos.

No final do século XIX, a indústria farmacêutica nos Estados Unidos começou a produzir laxantes utilizando preparados a partir da casca do tronco da cáscara-sagrada. Já no século XX esses produtos começaram a ser exportados para a Europa.

Em 2002, a agência americana que regulamenta a indústria farmacêutica baniu a utilização de cáscara-sagrada em remédios com efeitos purgativos, alegando riscos de danos ao fígado e câncer colorretal com o uso prolongado desses remédios.

Outros Usos

Por indicação popular, a cáscara é recomendada em casos de problemas de digestão, hemorróidas e como auxiliar para emagrecimento, porém, esses efeitos não possuem comprovação científica.

Também a partir da casca de seu tronco é possível obter um pigmento de coloração verde.

Cuidados e Contraindicações da Cáscara-Sagrada

A cáscara-sagrada não deve ser utilizada por períodos mais longos do que 1 a 2 semanas. Pode causar diarréia, vômitos e desidratação, principalmente em crianças.

Ciranças, gestantes e lactantes não devem consumir cáscara.

Um estudo com a cáscara-sagrada divulgado pela Universidade Paulista concluiu que o seu uso frequente "pode acarretar disfunções nutricionais e grave desequilíbrio eletrolítico, vitamínico e mineral em grande escala."

Referências

- WebMD: "Find a Vitamin or Supplement: CASCARA"

- Revista de Divulgação Científica Sena Aires 2012" Julho-Dezembro: 171-178; "Cáscara Sagrada (Rhamnus purshiana): Uma Revisão de Literatura"

Plantas Medicinais:

Produtos Naturais: